Home Curso Formação Política Sindical: Negociação Coletiva

Formação Política Sindical: Negociação Coletiva

SHARE

Carga Horária: 16 horas
Público Alvo: Sindicalistas e Comissão de Negociação dos Trabalhadores
Elaborado por: ILAESE – Instituto Latino Americano de Estudos Socioeconômicos

OBJETIVOS DO CURSO DE NEGOCIAÇÃO COLETIVA

  • Desenvolver uma visão abrangente da negociação coletiva entre representantes dos patrões e dos trabalhadores, considerando as variáveis políticas, econômicas e sociais envolvidas e os modos de regulação, tais como a Convenção Coletiva de Trabalho.
  • Debater com os dirigentes sindicais a importância da preparação da negociação para avançar nas conquistas da categoria representada, o papel do planejamento e da preparação da equipe.
  • Compreender quais são as artimanhas usadas pelos patrões para impedir que a negociação avance para conquistas a favor dos trabalhadores.
  • Treinar técnicas de negociação em atividade prática de simulação de mesa de negociação.

ASSUNTOS ABORDADOS

  • Conceito de Negociação Coletiva; Instrumentos da Negociação: argumentação, análise da realidade,
    mobilização; Planejamento da negociação ou campanha; Definição de objetivos táticos e
    estratégicos;
  • Táticas da negociação: usadas pelos representantes dos trabalhadores e pela patronal;
  • Forma de portar da comissão negociadora; Como organizar as tarefas de cada membro da comissão na mesa de negociação; Análise da pauta de reivindicações e da CCT do Sindicato; Simulação de uma mesa de negociação entre patrões e empregados.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
(assuntos que serão abordados no curso)

1. O contexto do conflito e da negociação

1.1. A relação entre patrões e empregados é baseada no conflito entre detenção dos
meios de produção e detenção da força de trabalho
1.2. O Sindicato como representante de milhares de trabalhadores: A diferença entre
negociação de interesses individuais e interesses coletivos.

2. Definições teóricas

2.1. O que é negociação
2.2. O que é conflito – Quando se instaura o conflito
2.3. O que é convenção coletiva de trabalho e qual sua diferença do acordo coletivo de
trabalho.

3. Instrumentos da Negociação coletiva

3.1. Análise, caracterização e política
3.2. Argumentação
3.3. Mobilização

4. Planejamento da Negociação/ Campanha

4.1. A importância de planejar
4.2. Como definir objetivos, a proposta inicial e sua argumentação
4.3. Identificar os pontos fortes e fracos de cada lado
4.4. Identificar aspectos principais e secundários da negociação
4.5. Definição de metas e prazos no planejamento

5. Táticas da Negociação

5.1 Quais táticas usadas pela patronal: entulhar de informações, cortina de fumaça, trocar o
negociador, ofertas falsas, etc.
5.2. Quais táticas podem ser usadas pelos representantes dos trabalhadores: ganhar tempo
para mobilizar, aproveitar de uma mobilização, ameaça de greve, etc.

6. Quando se esgota a negociação

6.1. O Dissídio e as suas contradições
6.2. O controle do Estado sobre a negociação coletiva e o papel do Judiciário
6.3. Os limites da mesa de negociação
6.4. Impactos da Súmula 277 do TST – Ultratividade das Normas Coletivas

7. A pauta de reivindicações dos trabalhadores e a Convenção Coletiva de Trabalho

7.1. Como construir a pauta de reivindicações
7.2 Análise da Pauta de Reivindicações da Entidade
7.3. A importância da Convenção Coletiva de Trabalho
7.4 Análise da Convenção Coletiva de Trabalho

8. Simulação da mesa de negociação entre patrões e empregados

8.1 Como deve se portar a comissão negociadora e os papeis de cada membro da comissão
8.2. Qual o papel do dirigente sindical e qual o papel dos assessores do Sindicato na mesa de
negociação
8.3. Como usar a argumentação, a mobilização e os dados econômicos na mesa de
negociação.
8.4. Confrontar com as táticas que a patronal usa na mesa de negociação

CRONOGRAMA

1º Dia:
Apresentação dos objetivos e programação do Curso

1º Bloco | Conceitos: conflito, negociação e Instrumentos da Negociação
2º Bloco | Planejamento da Campanha Salarial e da Negociação Coletiva
3º bloco | Táticas de Negociação

2º Dia:

5º Bloco | A pauta de reivindicações e a Convenção Coletiva de Trabalho do Sindicato
6º Bloco |  Quando se esgota a negociação
Atividade final: Simulação da mesa de negociação

Estrutura necessária para realização do curso:

  • Impressão de uma apostila para cada participante;
  • Papel e caneta para anotações para todos os participantes;
  • Quadro branco e pincel;
  • Data Show e local adequado para projeção de slides;
  • Sala para realização da simulação (preferência dois ambientes).
SHARE