Análise das finanças públicas do estado do Pernambuco com ênfase no Ministério Público

“Em um contexto marcado pela crise econômica no Brasil não são poucos os Estados que se utilizam desse fato, amplamente sentido pela classe trabalhadora brasileira, como via de escape para justificar atrasos, estagnação salarial e cortes no orçamento. No caso do Estado de Pernambuco, esta crise já ficou para trás. Em 2019 verificamos um crescimento do PIB que corresponde ao dobro daquele verificado no Brasil.

No presente estudo, analisaremos tal situação do ponto de vista das finanças públicas de Pernambuco. Em seguida, analisaremos a relação entre a evolução da arrecadação e receitas do Estado e os gastos com pessoal, destinados aos servidores do Estado nas suas respectivas áreas de atuação. Na sequência, passaremos ao exame dos recursos destinados ao Ministério Público, em particular aos seus servidores, tomando uma base temporal de mais de 10 anos. Ficará claro que o Ministério Público sofre com deficiências nos investimentos ainda maiores que os demais setores do Estado, sobretudo quando consideramos na longa duração. Por fim, esse cenário é associado a dinâmica de terceirização do Estado.”

 

Download do estudo aqui.

1 Comment

  1. Não estou encontrando o link para download.

Leave a Reply

Your email address will not be published.